Bem Vindo

Pages

7 de nov de 2017

Sony x Nintendo 1 - Porque Sonystas e Nintendistas não conseguem se dar bem

A "guerra dos consoles" é muito antiga e as vezes até meio sem nexo, mas será que existe algum fundamento nessa batalha, nessa série irei trazer para vocês vários pontos interessantes da historia dos games que serviram para aumentar ainda mais esse conflito.


Você adora seu PlayStation, então você tem que agradecer a Nintendo, pois antes de serem rivais, a Nintendo e a Sony foram parceiros, e se a Nintendo não tivesse tentado passar a perna na Sony o cenário atual dos jogos seria completamente diferente.

Em 1988, a Nintendo e a Sony se uniram para criar um sistema de entretenimento Super Nintendo com tecnologia de CD que jogaria ambos os jogos SNES e os exclusivos de CD-ROM. A Sony revelou os frutos dessa parceria, O Nintendo Play Station, no CES (Consumer Electronics Show) de 1991. O Nintendo Play Station representou um grande passo em frente para ambas as empresas: com o periférico, a Nintendo parecia estar preparada para usar formatos multimídia de alta tecnologia, enquanto a Play Station marcaria a primeira incursão da Sony no lucrativo mercado de videogames.

Mas o triunfo da Sony foi curto. No dia seguinte à apresentação da Sony, o presidente da Nintendo of America, Howard Lincoln, anunciou que a Nintendo iria abandonar a Sony e formaria uma parceria com a Phillips, que havia lançado uma máquina multimídia baseada em CD, o CD-I, no início daquele ano. A inversão repentina não apenas arruinou a reputação da Nintendo entre a comunidade empresarial japonesa, mas também indignou os executivos da Sony, que decidiram não abandonar o projeto e produzir seu próprio console.

O Sony PlayStation, livre da Nintendo, chegou em 3 de dezembro de 1994, e a Sony tem sido uma das principais empresas do mercado de games desde aquela época, trazento insônia aos executivos da Nintendo por diversas vezes. O PlayStation original superou o Nintendo 64 com folga, enquanto o console mais recente da Sony, a PlayStation 4, possui uma vantagem de 32 milhões de unidades no Wii U.


Parece que nessa a Nintendo se deu mal e o tiro foi no pé, só serviu para criar um concorrente e levantar uma furia de muitas fãs que ainda estavam por surgir junto com a Sony, mas não foi só isso que aconteceu, acompanhe nossa série para saber mais sobre todas as guerras dos consoles.

Raptr Gamercard

0 comentários:

Postar um comentário